Química Descomplicada dos Óleos Essenciais

Domine a Química Aromática e conquiste sua autonomia no uso terapêutico dos Óleos Essenciais.

Já é Aluno? Clique Aqui

Conheça o Professor

Yan Oberlaender

Biólogo, empreendedor, Mestrando em Ciências Naturopáticas e Aromaterapeuta Certificado pela CertAroma (Associação Brasileira de Aromaterapia) e AIA (Alliance of International Aromatherapists).

Aprenda Química de forma Descomplicada

Supere suas inseguranças, conquiste sua autonomia no uso dos Óleos Essenciais.

Em nossa jornada no mundo da Aromaterapia, é muito comum encontrarmos insegurança e dúvidas quanto à aplicação e uso dos Óleos Essenciais. Mas como conquistar a autonomia necessária para usar estes óleos?

Esta autonomia depende de uma chave importantíssima: a Química Aromática.

Em geral, esta disciplina é apresentada como algo complicado e inacessível. Por isso, neste curso, condensamos apenas o conhecimento essencial de Química Aromática. Além disto, apresentamos este conhecimento desde suas bases elementares, sem a necessidade de formações prévias.

Mas nosso objetivo não é que você tenha somente um entendimento teórico da química. Queremos também lhe dar as ferramentas para que a química aromática seja uma base concreta através da qual você possa fazer escolhas conscientes quanto ao uso terapêutico dos Óleos Essenciais.

Se você já conhece sobre Aromaterapia, mas ainda tem muitas dúvidas quanto ao uso em casos concretos. Se você quer ter mais confiança e autonomia no uso dos Óleos Essenciais, este curso é para você!

O que você vai Aprender

São 16 horas de conteúdo, organizado em 45 aulas + Apostila. Partiremos do nível mais elementar, com os conceitos iniciais de química, passaremos pela biossíntese dos Óleos Essenciais, até chegarmos aos grupos funcionais e aos efeitos terapêuticos de cada um destes grupos. Iremos do simples ao complexo, até que você chegue ao domínio da química aromática e conquiste a sua autonomia no uso dos Óleos Essenciais.

Módulo 1 - Óleo Essencial

Aqui, você será apresentada à proposta de nosso curso. Mostraremos o mapa de nossa jornada ao universo fascinante da Química Aromática. Veremos a importância da olfação de um Óleo Essencial , como e porque ele nos encanta.

Módulo 2 - Muito Prazer, Química!

Neste módulo, você será apresentado à Química. Calma... isto não significa dor e complicações. Começaremos dos conceitos elementares, numa linguagem simples e didática. A partir destes conceitos, todo o horizonte da Química Aromática ganhará mais clareza e solidez.

Módulo 3 - Fábricas Verdes de Luz Perfumada

Em nosso terceiro módulo, você será conduzido aos mecanismos internos das plantas aromáticas: Fábricas Verdes de Luz Perfumada. Nesta viagem pela Fisiologia Vegetal, você conhecerá os reinos vegetais, a biossíntese das moléculas aromáticas, as vias metabólicas e como tudo isto influencia os quimiotipos e as variações e composições químicas dos Óleos Essenciais.

Módulo 4 - Características Físicas

Neste módulo, você será introduzido aos diferentes marcadores físicos dos Óleos Essenciais. Através deles, você conhecerá as características específicas dos compostos aromáticos. Você compreenderá a polaridade, a solubilidade, a densidade e a volatilidade características aos compostos aromáticos. Isto lhe dará uma base sólida para compreender a reatividade e a toxicidade dos Óleos Essenciais. Deste modo, você poderá manejar as reações dérmicas e adversas com conhecimento de causa.

Módulo 5 - Obtenção e Qualidade

Quais os métodos de obtenção dos Óleos Essenciais? Uma vez obtidos, quais análises nos revelam sua composição química? Como interpretar estas análises? São estas e muitas outras perguntas que responderemos neste módulo. Você receberá todas as informações necessárias para que, por si própria, possa avaliar a qualidade dos Óleos Essenciais.

Módulo 6 - Terpenos

Aqui, você entra no beabá da Química Aromática. Veremos a diferença estrutural entre os monoterpenos e os sesquiterpenos. Você aprenderá a nomear os compostos aromáticos a partir do reconhecimento de sua estrutura. Além disto, verá os efeitos terapêuticos relacionados a cada um destes componentes e os Óleos Essenciais em que eles estão mais presentes.

Módulo 7 - Grupos Funcionais

Neste módulo, você será introduzido à uma das teorias mais influentes dentro da Aromaterapia: a teoria dos Grupos Funcionais. Veremos cada um dos Grupos Funcionais, observando sua estrutura química, comportamento e efeitos terapêuticos. Contudo, também alertaremos para o risco do mau uso desta importante teoria: o reducionismo. O conhecimento químico dos Óleos Essenciais não pode fechar-se em si mesmo, ele deve integrar-se em uma Visão Holística.

Módulo 8 - Isômeros

Em nosso oitavo módulo, você descobrirá o que são os Isômeros e qual é sua importância. A Isomeria introduz uma importante distinção química, onde moléculas químicas com os mesmos compostos diferenciam-se graças ao seu posicionamento. Estes pequenos detalhes fazem grande diferença no efeito terapêutico destes componentes.

Módulo 9 - Marcadores, Quimiotipos e Sintéticos

Em nossa último módulo, veremos a importância dos Marcadores e Componentes Traço, que são elementos acessados através da análise dos Óleos Essenciais. Veremos também o que são, e as razões por detrás, dos quimiotipos e das variações químicas. Para concluir, você aprenderá a fundamentação química pela qual podemos diferenciar, objetivamente, um composto aromático sintético de um composto aromático natural.

Confira o Conteúdo das Aulas

Para reforçar o seu estudo, ao final de cada módulo, você poderá fazer uma avaliação para testar os seus conhecimentos e assim perceber a evolução do seu aprendizado.

01. Introdução

Aqui, você será apresentada à proposta de nosso curso. Mostraremos o mapa de nossa jornada em direção ao universo fascinante da Química Aromática.


02. Realidade Concreta

Nesta aula, refletiremos acerca da realidade concreta do Óleo Essencial. A princípio, sentimos apenas um aroma agradável e diferenciado. Mas isto é só o começo. Este aroma traz uma complexa química de cura, sintetizada em um laboratório perfeito: a Natureza.


03. O Sentido Esquecido

Os cinco sentidos são os meios através dos quais conhecemos o mundo que nos cerca, a realidade objetiva. Através deles, saímos de nós mesmos e captamos qualidades dos objetos físicos que nos cercam: cores, texturas, sons, cheiros e sabores. Vivemos em uma cultura eminentemente visual e, por conta disto, esquecemo-nos de um sentido fundamental: o olfato. Junto ao paladar, o olfato é uma quimiocepção, ou seja, através dele absorvemos moléculas químicas.


04. O Que É a Química?

Aqui, vamos partir do conceito do que é a química. Para tanto, vamos relembrar alguns marcos históricos deste fascinante campo do saber. A química remonta aos antigos alquimistas e estuda a natureza profunda da realidade material e suas dinâmicas de transformação.


05. Os Átomos

A noção de átomo surge na Grécia Antiga e nos é legada através da teoria de Demócrito. Os átomos são entendidos como as menores moléculas físicas, indivisíveis por natureza.


06. Símbolos e Fórmulas

O conhecimento químico é transmitido através de uma série de símbolos e fórmulas. Para os “não iniciados”, isto pode parecer uma linguagem indecifrável. Contudo, uma vez familiarizados com alguns destes símbolos, torna-se fácil decifrar as mensagens que a Química nos transmite.


07. Carbono, Hidrogênio e Oxigênio

A grande maioria das moléculas aromáticas é composta por três peças-chave: o Carbono, o Hidrogênio e o Oxigênio. Nesta aula, você será introduzida à estes elementos, que nos posicionam no estudo da Química Orgânica.

08. Classificações no Reino Vegetal

Todas as plantas estão agrupadas em um grande reino da natureza, chamado Plantae. O conhecimento da Botânica é importante ao aromaterapeuta, pois através dele conhecemos os nomes científicos das plantas, o que é fundamental para nos orientarmos em meio às plantas aromáticas.


09. Anatomia Vegetal

A anatomia vegetal é a parte da botânica responsável pela descrição (tanto da aparência externa, quanto da dinâmica interna) das diferentes estruturas de uma planta: desde sua raiz, até as pétalas de sua flor. Cada uma destas estruturas é capaz, a depender da planta, de produzir moléculas aromáticas.


10. Fisiologia Vegetal

Esta área da Botânica estuda todos os processos e funções que estão envolvidos na vida vegetal. E não são poucos! Desde o núcleo, passando pela mitocôndria, o cloroplasto e a fotossíntese, é fascinante desvendar a dinâmica oculta da vida vegetal.


11. Polaridade

A polaridade diz respeito ao equilíbrio elétrico das moléculas químicas, é um fator importante que caracteriza e prediz o comportamento destas moléculas. Através do conhecimento desta característica, podemos entender algumas nuances presentes nas moléculas aromáticas.


12. Solubilidade

A solubilidade trata da capacidade de uma substância de ser dissolvida por outra. Na Aromaterapia, isto é fundamental, pois deste conhecimento depende a correta diluição dos Óleos Essenciais, fator importante para o uso seguro destas substâncias.


13. Densidade

A densidade é uma caraterística que nos informa a relação entre a massa e o volume ocupado por uma determinada substância. A densidade dos Óleos Essenciais é a responsável, por exemplo, por eles ficarem por cima da água (após a destilação).


14. Volatilidade

Esta é a característica chave dos Óleos Essenciais e das moléculas aromáticas: elas são voláteis. A volatilidade é a capacidade que uma substância tem de passar do estado físico para o estado gasoso, ou seja, evaporar.


15. Reatividade e Toxicidade

A Reatividade e a Toxicidade nos informam as dinâmicas de interação entre as substâncias e também a dinâmica de interação destas substâncias com o nosso corpo. Não podemos esquecer que os Óleos Essenciais estão sujeitos a estas duas características: reatividade e toxicidade.


16. Reações Dérmicas Adversas

As reações adversas mais comuns, quando aplicamos Óleos Essenciais, são as reações dérmicas. Elas dividem-se em alguns tipos: irritação, sensibilização e fotossensibilização. É preciso discernir cada uma destas reações, de modo a compreender os procedimentos adequados frente a elas.


17. Destilação

A destilação é o principal meio de obtenção dos Óleos Essenciais. Através deste processo, extraímos, ou seja, trazemos para fora as moléculas aromáticas que estavam ocultas no interior da planta.


18. Prensagem à Frio

Este processo é utilizado principalmente para Óleos Essenciais cítricos. Quando alojados na casca dos frutos, não é necessário um processo de destilação para a obtenção das moléculas aromáticas, bastando a prensagem.


19. Solventes

O processo de obtenção através de solventes costuma ser utilizado para materiais orgânicos mais frágeis e delicados, como as flores. Veremos as etapas e o funcionamento deste processo.


20. CO2

É um processo de obtenção relativamente novo, mas ainda pouco utilizado, devido ao alto custo. Quando obtido através desse processo, o Óleo Essencial preserva um aroma muito próximo àquele que sentimos na planta in natura.


21. Cromatografia

Esta é a principal análise pela qual identificamos a composição química de um Óleo Essencial. É fundamental, portanto, que todo Aromaterapeuta conheça como funciona esta análise e como decifrá-la.


22. Espectrometria de Massa

A Espectometria de Massa é um processo que geralmente acompanha a Cromatografia. Através destas duas análises, detalhamos as quantidades específicas de cada componente dentro de um Óleo Essencial.


23. Rotação Óptica

A Rotação Óptica nos informa a capacidade de um Óleo Essencial girar em um plano de luz polarizada. A partir disto, poderemos discernir se um determinado composto deste óleo gira em sentido horário (como o d-limoneno) ou anti-horário.


24. Hidrocarbonetos

Aqui nos aprofundaremos nas nomenclaturas específicas dos compostos químicos. De início, veremos o que são os Hidrocarbonetos, moléculas químicas formadas apenas por Carbono (C) e Hidrogênio (H).


25. Terpenos e Terpenóides

Os Terpenos são metabólitos secundários de origem vegetal. A maioria destes terpenos são compostos aromáticos, cumprem funções específicas nas plantas onde são produzidos e, uma vez extraídos, formam o que chamamos de Óleo Essencial. Os Terpenóides caracterizam uma transformação da natureza do Terpeno. Nesta aula veremos em detalhes o que caracteriza os Terpenos e os Terpenóides.


26. Monoterpenos

Os Monoterpenos são formados por 10 átomos de Carbono, é isto o que os diferencia dos demais Terpenos. Quanto à nomenclatura, os compostos monoterpênicos recebem a terminação –eno (p. ex. limoneno, alfa-pineno, mirceno, etc.).


27. Sesquiterpenos

Os Sesquiterpenos diferenciam-se dos Monoterpenos pelo número de átomos de Carbono em sua composição: 15. Quanto à nomenclatura, estes compostos também recebem o sufixo –eno.


28. Grupos Funcionais

Além da estrutura Hidrocarbônica dos Terpenos, é possível que outros compostos químicos liguem-se às moléculas aromáticas. Estes novos compostos trazem ação a estas moléculas, refletindo em efeitos terapêuticos específicos. A estes diferentes compostos químicos (além dos Carbonos e Hidrogênios) damos o nome de grupos funcionais. Estudaremos cada um destes grupos em detalhes.


29. TGF sem generalizar

A TGF (Teoria dos Grupos Funcionais) é um cânone da Aromaterapia moderna. Mas será que ela é tão sólida quanto parece? Apesar de trazer muitas ferramentas interessantes para a análise química dos Óleos Essenciais e seus consequentes usos terapêuticos, é preciso evitar generalizações, de modo a escapar de um reducionismo químico na abordagem dos Óleos Essenciais.


30. Monoterpenóis

Um Monoterpenol (também conhecido como um Álcool Monoterpênico), possui uma estrutura semelhante à de um Monoterpeno (10 Carbonos), com a adição de um grupo Hidroxila, que estará ligado a um dos Carbonos da cadeia. Existem poucos tipos de Monoterpenóis, porém eles estão presentes em muitos Óleos Essenciais.


31. Sesquiterpenóis

Os Sesquiterpenóis possuem uma estrutura semelhante à dos Sesquiterpenos, com a adição de um Grupo Hidroxila (-OH). Geralmente encontraremos no mesmo óleo o Sesquiterpenol e o Sesquiterpeno do qual ele foi originado. Existem mais tipos de Sesquiterpenóis do que de Monoterpenóis, porém eles estão presentes em poucos Óleos Essenciais.


32. Fenóis

Um Fenol possui em sua composição um Grupo Hidroxila, assim como um Álcool. A diferença é que este -OH está ligado diretamente a um Anel de Benzeno. Pelo fato de suas ligações duplas estarem constantemente se movimentando, o Anel de Benzeno provoca um efeito de ampliação da eletronegatividade do átomo de Oxigênio do Grupo Hidroxila. Desta forma, o átomo de Hidrogênio presente no Grupo Hidroxila possui carga elétrica bem positiva e facilmente se solta do restante da cadeia.


33. Aldeídos

Aldeídos são moléculas que possuem um grupo Carbonila ligado a um Carbono localizado no final de uma cadeia. Os Aldeídos são derivados de Álcoois primários que sofreram um processo de oxidação.


34. Cetonas

Um componente pode ser classificado como uma Cetona se possuir um Grupo Carbonila (C=O), ligado a um Carbono secundário (ligado a outros 2 Carbonos). As Cetonas podem ser formadas a partir da oxidação de Álcoois secundários. Uma Cetona bem conhecida, mas não presente nos óleos essenciais é a Acetona, utilizada normalmente como solvente. Os hormônios Progesterona e Testosterona também possuem a função Cetona em suas estruturas.


35. Ácidos

Nas plantas, podemos encontrar o grupo funcional dos Ácidos. São chamados de Ácidos Carboxílicos e não possuem uma configuração terpenóide, ou seja, não são formados por blocos de Isopreno. Suas estruturas são formadas por poucos Carbonos, fazendo com que sejam solúveis em água. Sendo assim, a maioria dos Ácidos estará presente nos Hidrolatos. O Ácido Carboxílico mais comum em nosso dia a dia é o Ácido Acético, também conhecido como Vinagre.


36. Ésteres

Os Ésteres são formados pela combinação de um Álcool com um Ácido. O Ácido que está carregado positivamente, irá se ligar ao Álcool, deslocando o átomo de Hidrogênio e formando um Éster. O Grupo Hidroxila do Ácido será atraído pelo Hidrogênio do Álcool, formando uma molécula de água. Um Éster será caracterizado pela presença de um Grupo COO.


37. Éteres

Um Éter é caracterizado pela presença de um átomo de Oxigênio ligado a 2 átomos de Carbono (C-O-C). A maioria dos Éteres são fenólicos, ou seja, são derivados de um Fenol. Isso acontece quando o Hidrogênio do Grupo Hidroxila de um Fenol é substituído por uma cadeia curta de hidrocarbonetos, geralmente um Grupo Metil (–CH3). O Eugenol, presente no Óleo Essencial de Cravo, é um componente que possui a função Fenol e também a função Éter.


38. Óxidos

Os Óxidos, também chamados de Éteres Cíclicos, também possuem um átomo de Oxigênio ligado a dois átomos de Carbono (C-O-C). A diferença é que no caso dos Óxidos, esta ligação ocorre dentro de uma estrutura cíclica, um Anel. O Óxido mais comum encontrado em diversos Óleos Essenciais é o 1,8 Cineol, que também pode ser chamado de Eucaliptol.


39. Lactonas, Cumarinas e Outros Componentes

Nesta aula, falaremos de alguns grupos funcionais menos comuns na Aromaterapia, mas ainda assim muito importantes. Falaremos das Cumarinas, das Lactonas, dos Diterpenos e outros compostos.


40. Isômeros Estruturais

Este tipo de Isômero é mais discreto, refere-se apenas à diferença da posição da ligação dupla na estrutura. O exemplo mais conhecido é o alfa e o beta-pineno.


41. Isômeros Geométricos

A Isomeria geométrica só acontece quando há uma ligação dupla entre Carbonos na cadeia. Quando esta ligação dupla está presente, existem diversas formas em que os átomos ligados a estes Carbonos podem se posicionar.


42. Enantiômeros

Se duas moléculas forem colocadas uma em frente à outra, como um espelho, e refletirem suas imagens, são chamadas de Enantiômeros. Estas alterações no posicionamento das ligações, aparentemente simples, resultarão em uma mudança no aroma e nas propriedades terapêuticas de cada uma.


43. Marcadores e Componentes Traço

Os Marcadores são elementos químicos passíveis de serem reconhecidos através de análises, como a cromatografia. Com o conhecimento destes marcadores, você terá mais autonomia para avaliar a qualidade de um óleo. Além disto, também é muito importante conhecer os Componentes Traço. Estes componentes, apesar de sua pouca concentração, são muito importantes e fazem parte da composição total do Óleo Essencial, daquilo que compõe sua natureza holística.


44. Quimiotipos e Variações Químicas

O que são os Quimiotipos e as Variações Químicas? De que modo elas acontecem? Quais suas razões? E por que é importante conhece-las? Estas e outras perguntas serão respondidas nesta aula.


45. Natural X Sintético

Nesta aula, você descobrirá as razões objetivas por trás da diferença entre as fragrâncias naturais e as fragrâncias sintéticas. Esta diferença repousa em detalhes estruturais que só a química pode nos revelar.


E para ficar melhor ainda você Ganha de Bônus...

Apostila Exclusiva

Você receberá uma apostila completa, que não é uma mera transcrição das aulas do curso. Ela é um material didático independente, que fornece ricas informações de consulta e aprofundamento da Química Aromática.

Fichas dos Principais Componentes

Reunimos as informações de mais de 30 componentes químicos presentes nos óleos essenciais. Efeitos terapêuticos, pesquisas científicas, questões de segurança e os principais óleos essenciais que contém aquele composto. Um material super completo, que foi organizado para poupar muito tempo de pesquisa.

Cromatografias de 120 Óleos

Também iremos disponibilizar para você uma área onde você poderá acessar a cromatografia de 120 óleos essenciais. Através delas, você poderá utilizar o conhecimento adquirido ao longo do curso para avaliar cada Óleo Essencial.

Quem fez Aprova...

Título do vídeo demonstração

Título do vídeo demonstração

Título do vídeo demonstração

Título do vídeo demonstração

Título do vídeo demonstração

Título do vídeo demonstração

Tudo que você tem Direito

Certificado de Qualificação

O Certificado é aceito pela Abraroma e válido em todo o Brasil, com conteúdo programático e carga horária de 16 horas, comprovando a sua qualificação na área.

3 Anos de Acesso

Faça o curso no seu ritmo, você terá acesso ao conteúdo por 3 anos, podendo ver e rever sempre que quiser. 

Áudios em MP3

Versão em áudio MP3 de todas as aulas, para você fazer download e escutar em qualquer lugar de sua preferência.

Bônus Exclusivos

Além de todas as aulas, você ainda conta com a Apostila Exclusiva do curso e materiais complementares.

Suporte por E-mail

Esclareça todas as suas dúvidas diretamente com o Professor Yan Oberlaender.

Agora aproveite a oportunidade e invista no seu conhecimento

DESCOMPLIQUE A QUÍMICA

Início imediato após a inscrição

De R$1.997,00 por apenas 12x de

R$ 179
73
Ou R$1.797,30 à vista
  • 45 Aulas de puro conhecimento
  • Certificado de Qualificação, 16h
  • Apostila Exclusiva do Curso
  • Áudios das Aulas em MP3
  • Suporte para Dúvidas, e-mail
  • 3 Anos de Acesso Ilimitado
  • Garantia de 7 dias

* O Acesso a Plataforma do Curso será enviado por e-mail assim que houver a confirmação do pagamento. A liberação das aulas acontecerá em duas etapas: Na primeira semana, serão liberados os 5 primeiros módulos. A partir da segunda semana, serão liberados os 4 módulos restantes e material complementar.

Esclareça suas Dúvidas

Sim. Este curso contabiliza horas para o preenchimento da carga horária exigida para obtenção do CertAroma.

O curso é composto por 45 aulas, onde de forma gradativa você irá conhecer os aspectos avançados da Química dos Óleos Essenciais.

Ao ingressar no curso, você receberá acesso à uma plataforma de conteúdos, por onde acessará as videoaulas e apostila.

Você também poderá esclarecer todas as suas dúvidas diretamente com o professor Yan Oberlaender.

O Canal utilizado para Suporte ao curso é por e-mail.

Este curso foi pensado para se adequar à rotina corrida que temos no dia-a-dia, por isso é online.

Recomendamos que você estude o conteúdo semanalmente. Criamos essa estrutura que possibilita que você estabeleça uma rotina para assistir às videoaulas, realizar os exercícios e fazer as trocas no grupo com bastante tranquilidade.

Mas sabemos que as possibilidades de dedicação semanal variam de pessoa para pessoa. Por essa razão,  você terá 3 anos de acesso aos conteúdos, tempo suficiente para você realizar os estudos dentro da sua rotina e disponibilidade.

Quando falamos de Aromaterapia, Química dos Óleos Essenciais, não existe uma metodologia única que consiga abranger todos os pontos que precisam ser trabalhados. Todas as metodologias são verdadeiras e parciais, por isso unimos uma série de conhecimentos e técnicas que juntos formam uma combinação muito poderosa.

O certificado emitido pelo CONAROMA (Complemento Cursos) será disponibilizado na plataforma após o estudo de todo o conteúdo disponibilizado, sendo válido em todo o Brasil, com conteúdo programático descrito e carga horária comprovando a sua qualificação na área.

Sim. Nós utilizamos uma das maiores plataformas de pagamentos para produtos digitais, a Eduzz. O sistema é extremamente robusto e aceita diversas formas de pagamento, como boleto bancário e cartões de crédito. Além de tudo isso, o suporte da Eduzz é realmente muito eficiente.

Não, está opção somente está disponível no cartão de crédito, podendo parcelar em até 12x, com um acréscimo de 2.92% a.m. O sistema não permite o parcelamento em boleto.

Você será redirecionado para uma página de obrigado com algumas informações iniciais e em alguns minutos receberá login e senha para acessar sua área de membros.

Quem adquirir o curso tem o período de 7 dias para experimentar e comprovar a qualidade dos conteúdos disponibilizados. Se você não gostar por qualquer motivo, nós devolvemos todo seu dinheiro.

Sim, eu entendo...

Que o curso é composto por 45 Aulas + Áudios + Avaliações e Apostila Exclusiva.

Que preciso cursar todas as aulas para receber o meu Certificado de Qualificação, 16h.

Que poderei tirar todas as minhas dúvidas diretamente com o professor Yan Oberlaender.

Que posso estudar no meu ritmo, pois terei acesso ao conteúdo por 3 anos.

Que posso testar o curso e se em até 7 dias, eu achar que não é para mim, solicitar o reembolso.

Descomplique a Química